quarta-feira, 18 de abril de 2012

Denotativo


Quedo-me ao som de tulipas,
noite quente azulada.
Riscado pela cor da ripa
eu sigo vida ilhada.

Resseca-te úmido amor,
que não serves senão para calhar.
Reconhece-te o horror
e vá de retro todo o amar.

Que viria a ser correto
ou temerosamente errado?
Inútil e intrépido.
Súplica que me há lastimado.

Seguidores