sábado, 1 de janeiro de 2011

Andemos

Não há segredo em mistério,
nem amor sem remédio.
Não há dor que não se possa curar.
Há muito sorriso fraterno,
muito beijo sincero,
muita gente disposta a amar.
Pouco sei do que há,
do que não há, do que virá.
Nem me importa o tempo presente,
nem tempo nenhum que não me faça contente.
Estou feliz com o meu ar,
com o verbo entorpecente.

3 comentários:

  1. Magnífico seu trabalho. Ivy- PE

    ResponderExcluir
  2. Queria que soubesse que eu amo amar você!!

    ResponderExcluir
  3. é né vc deve esta se perguntando
    ela comentou em todos os texos???
    hashahshas é pq tinha tempo que não lia seu blog tirando o atraso aqui e por mais que eu queira não consigo não comentar sua "genialidade"

    bjs
    mayla

    ResponderExcluir

Seguidores