sábado, 14 de agosto de 2010

Morda a isca.

Não quero que me rotulem pela minha cor, minha idade ou minha estatura, eu sou mais que isso. Sou maior que qualquer estereótipo pré-formado em sua mente. Tenho em mim uma verdade que não cabe a definições preconceituosas ou teorias racistas, eu sou mais que isso. Apresento-me momentaneamente como imagem física, mas é a intensidade das minhas palavras que lhes ficarão guardadas. Avante.

2 comentários:

  1. Pablito. Parabéns!
    eu me orgulho de você *-*
    beijocas; Hanna Moitinho :*

    ResponderExcluir
  2. "...é a intensidade das minhas palavras que lhes ficarão guardadas..."
    Com certeza.
    Você é maravilhoso!

    ResponderExcluir

Seguidores